Middle Earth - Tatical II

Middle Earth - Tatical II

Sejam bem-vindos ao Middle Earth Tatical II!
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca

Ir em baixo 
AutorMensagem
Eru Ilúvatar
Admin
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 22/01/2010
Idade : 28

MensagemAssunto: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Seg Fev 01, 2010 12:46 am

Árvore Branca, dada aos Elfos de Tol Eressëa como presente aos homens de Númenor, foi plantada por Isildur. E esta cresceu gloriosa por muitos e muitos anos, infelizmente Denethor II não dava mais atenção a Árvore Branca, que jazia morta no Pátio do Palácio. E de sua Torre, a Torre Brance de Ecthelion. A tudo ele observava.


_________________
- Conheço o desejo em suas mentes de que aquilo que vieram venha na verdade a ser, não apenas no pensamento, mas como vocês são e, no entanto, diferente. Logo, eu digo : Ëä! Que essas coisas Existam! E mandarei para o meio do Vazio a Chama do Imperecível. e ela estará no coração do Mundo, e o Mundo Existirá; e aqueles de vocês que quiserem, poderão descer e entrar nele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://thelotr.forumeiros.com
Boromir - Rei de Gondor

avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 29/01/2010
Localização : Gondor

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Sex Jun 25, 2010 5:10 pm

Outro dia amanhacera em Minas Tirith. O Sol radiava de alegria, porém não a cidade. Denethor havia morrido naquela noite, de uma doença fatal e desconhecida.
Muito tempo Boromir ficou ao lado de seu velho, cuidando do mesmo como se cuidasse de seu filho. E muitas vezes dizia que ele iria melhorar, mas nada se tornou realidade; e antes que Denethor feichasse os olhos, Boromir prometeu ser o senhor mais nobre e poderoso de Gondor, e que honraria seu nome assim como o de seu irmão.

Durante a manhã, Boromir acordou, trajado de uma roupa de cor vinho, lisa e fina, conhecida como pijama por muitos, e se dirigiu até o pátio da Árvore Branca, com uma taça de cobre com pedras roxas fincadas próximo as bordas. E Boromir passou muito tempo lá, olhando o povo de Minas Tirith, os pássaros, e as carroagens e carroças que passavam em frente. Mais avante podia ver as muralhas de Gondor e Osgiliath, branca como um papel, e serena como um pombo.

Quarenta minutos depois Boromir despiu os trajes de tristeza e sofrimento, e ergueu seu pensamento. Logo ele se virara, entrega a taça a um lord que o acompanhava e adentrou os palácios, requesitando uma reunião rápida com os lords de Gondor, que em cerca de meia hora já estavam nos pátios da torre branca, esperando nervosos e inquietos por Boromir, que trajava seus trajes bélicos.
Quando apareceu lá, todos os lords e soldados gritaram o nome de Boromir, abençoando-o e também a seu novo título - o de Rei -, mas logo Boromir levantou sua mão, rejeitando as bençãos, e começou seu discurso alguns segundos depois.


- Homens nobres de Minas-Tirith e de Gondor, como devem saber meu pai faleceu ontem a noite. E eu, como já muito ouvi aqui, sou o novo regente. Mas não quero apenas isso. Quero ser Rei definitivo, um rei sem voltas. Está então avisado para os senhores, que nenhum rei legítimo de Isildur não passa, apartir de agora, de descendente de Isildur, e que fique em sua tocaia abandonado nas florestas de Eriador!

Quando terminou, todos bateram palmas, e logo Boromir se virou. E da platéia de lord, surgiu um loiro de armadura cinza, de luvas negras e de capa avermelhada, que foi até Boromir pegando em seu ombro, notando que este sofria ao abaixar o tórax.

- Meu senhor! O título de Rei não o livra da morte de seu pai, não é? Mas há com quem contar, e há quem o ajudar. Diga-me o que precisa, ó senhor, e te ajudarei no que precisar. Sempre que quiser, grite por meu nome como Maegril, o brilho penetrante.

E Boromir cedeu aos sentimentos, e tomou o ombro de Maegril como apoio, se consolando. E cada palavra era profunda e expressava seus sentimentos de forma exata, e o que sentia era tão forte que também entristecera Maegril. Lords e mais lords se apressaram para socorrê-lo, jurando estar passando mal, mas Boromir os regeitou e quiz conversar as sós com Maegril.

- Tudo que posso fazer para tornar realidade o que disse aqui hoje eu peço que você faça! Mande um mensageiro a Dol Amorth, falar com o príncipe que convocarei uma reunião para a decisão do herdeiro, que poderá mudar mais tarde. E mande outro para Rohan, dee notícias para eles. Preciso, também e por hora, que mandem mensageiros para todos as cidades do reino, estabelecer meu reinado, e procurem por meu irmão, nem que seja nas lavas do Monte da Perdição.

E Maeglin desceu a cidade com seu cavalo, enquanto Boromir adentrava o palácio e ali retornava a vestir seu pijama, e tomou seu café da manhã em paz, sem contar os diversos olhos curiosos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Boromir - Rei de Gondor

avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 29/01/2010
Localização : Gondor

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Sex Jun 25, 2010 6:58 pm

Boromir estava em paz tomando seu café da manhã. Quando terminou, e ia abrindo as portas, elas se abriram bruscamente, e um homem se assutou em econtrar Boromir tão rápido, e logo foi lhe relatando o acontecido nos campos de pelennor. Boromir, então, vestiu seus trajes e montou em um cavalo marrom com patas brancas, e desceu ao lado do cavaleiro, como verdadeiros reis faziam, pois sua elegância era dígna dos reis de númenor.


Última edição por Boromir - Rei de Gondor em Sex Jun 25, 2010 6:59 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Erro de códigos)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
۰ ◜Azσrıus◞

avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 25/06/2010
Localização : Azσrıus

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Sab Jun 26, 2010 2:06 pm

Entaum após cavalgar ao lado de seu amigo Azorius,chegava até o 7 nivel da cidade,ela um lugar explendido,bem rico,bem nobre,nada doque Azorius estava acostumado,logo ele teria algumas lembranças do local,mas não ,muitas :

- E ai,aonde é o seu cafofo,digo sua moradia?


Ele por ser criados por mercenários estava acostumado com gírias,as soltando em alguns momentos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Boromir - Rei de Gondor

avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 29/01/2010
Localização : Gondor

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Sab Jun 26, 2010 2:16 pm

Boromir logo parava seu cavalo, descendo do mesmo calado e com uma expressão de descontento. Logo ele entregava as rédeas do cavalo a um dos guardas da fonte - haviam muitos e bem espalhados-, que o guardou. Enquanto isso, Boromir ordenara a outro que se preparasse a mesa. Logo depois que deu atenção a seu amigo.

- Eu chamo aquela casa ali, logo atrás da muralha, de cafofo. Lá seremos servidos, já está na hora do almoço. Logo em seguida quero ter um papo sério com você, ali e a sós! São informações de estado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
۰ ◜Azσrıus◞

avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 25/06/2010
Localização : Azσrıus

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Sab Jun 26, 2010 2:29 pm

Azorius concordava com boromir,deixando seu cavalo para os soldados:

-Se acontecer qualquer coisa com ele,partirei você em 2.

O soldado ficava petrificado,logo saindo e indo guardar o cavalo em seu estábulo,Azorius seguia boromir até o almoço,ao andentrar na sala com boromir ele se sentava na cadeira,um pouco longe de boromir,logo demostrando muitas maneiras ao comer,para quem foi criado com mercenários,utilizando de talheres,ele se alimentando esparava boromir,iniciar a conversa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Boromir - Rei de Gondor

avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 29/01/2010
Localização : Gondor

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Sab Jun 26, 2010 2:52 pm

Boromir almoçara com vontade e pressa, pois queria logo tratar de falar com Azorius. Assim que terminaram, Boromir pos os cotovelos na mesa e com as mãos pegou um guardanapo e se limpou, mesmo estando limpo. Logo ele respirava fundo, soltando o cansaço e se preparando para a falatória novamente, já que pegara uma leve sinusite depois de tanto chorar pela morte do pai.

- Como sabe, o perigo de Mordor se oculta cada vez mais. Eles não maquinam mais em suas forjas, não preparam orcs para suas ordas. Isso nos alivia, mesmo sabendo que voltarão um dia, e lutaremos juntos contra esse perigo constante. Meu irmão sumiu de vista, vagando por Ithilien o quanto pode. Mando cada vez mais homens atrás dele mas não consigo encontrá-lo, então desisti dele e estou a procura de um novo herdeiro do trono. Mas um herdeiro não pode ser um qualquer.

Sua voz soou gloriosamente pelo salão quase vazio, com exceção deles. Seu modo cansado e pensativo deixava cada vez mais dúvida no ar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
۰ ◜Azσrıus◞

avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 25/06/2010
Localização : Azσrıus

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Sab Jun 26, 2010 3:27 pm

Momentos depois ele terminava sua refeição limpando sua boca com um guardanapo,ele logo fazia o mesmo que boromir,colocava seus cotovelos a mesa,os cozinheiros tiravam os pratos,e o cavaleiro logo se pronunciará:

- Herdeiro?Não sirvo para essas coisas de principé cara,eu que você quer ir isso,mas não posso aceitar,não mereço tal cargo pelas barbaridades feitas por mim em tempos mais antigos,logo talvez Chefe da segurança da Cidade seria uma boa.

Assim dizia Azorius,curto e grosso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Boromir - Rei de Gondor

avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 29/01/2010
Localização : Gondor

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Sab Jun 26, 2010 4:51 pm

Boromir deixava sua aparência cansada e ficava mais sério, pensando nos problemas que teria dali em diante. Logo Boromir continuou a falar, e mais ofertas surgiam a Azorius. O tom da voz de Boromir era grossa porém gentil, e ele continuava com os cotovelos sobre a mesa.

- Se não deseja que seja assim, está bem, temos outros cargos para você. Eu pretendo expandir meu absolutismo sobre as terras próximas de Minas Tirith. Como sabe, Cair Andros é uma boa localidade para uma população, já que é uma ilha e em abundantes recursos. Possuo duas ofertas a você, a primeira é você guiar um povo e um pequeno exército a Cair Andros e lá se situar como Senhor, ou melhor dizendo, Lord de Cair Andros, e fazer o que bem entender nos limites daquela terra; ou ser apenas um comandante chefe de Gondor, liderando os exércitos em Osgiliath e o que sobrou de Cair Andros, sem re-povoala.

De fato Boromir somente desejava altas patentes para seu amigo, e ele não queria que o mesmo se afastasse muito de Boromir e a política de Gondor. Mesmo assim, Boromir honraria a sua escolha caso fosse outra opção, como a que citou antes. Os serviçais logo saíam da sala, deixando apenas os dois conversando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Boromir - Rei de Gondor

avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 29/01/2010
Localização : Gondor

MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   Seg Jun 28, 2010 8:05 am

Éomund cavalgou rápido até o pátio da árvore branca, onde deixou o seu cavalo negro com um dos guardas e partiu para falar com Maeglir, que observava Boromir e seu amigo escondido atrás do cavalo.

- Meu senhor, trago notícias de Édoras.

Maeglir então esqueceu o visitante e deu atenção a Éomund, podendo ser visto agora por qualquer um. Então ele falou.

- Venha, conversaremos aqui - disse ele, levando o soldado até por trás da torre de Ecthelion.

E lá Éomund tudo contou a Maeglir, sobre o enfermo Théodred, sobre a situação de Édoras e sobre tudo que viu,ouviu e descobriu. Além dos tratados que fez de amizade com Théoden. E logo Maeglir o dispensou, logo voltando a observar os homens de Gondor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: 7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
7° Nível de Minas Tirith - O Pátio da Árvore Branca
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Minas Congeladas [+ Rio Coldreams]
» Problemas com I*R*D*E*T*O
» Fusion World CUP #02
» [Regra] As 7 Espadas da Vila da Névoa
» [Missão Rank C] Resgate nas minas da Duna

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Middle Earth - Tatical II  :: Reinos e Cidades :: Gondor :: Minas Tirith, Cidade dos Reis-
Ir para: